quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Jesus ficai sempre comigo e dai-me forças para cumprir a vossa santa vontade.

Quando voltei para casa, entrei ¨no pequeno Jesus¨, prostrei-me no solo diante do Santíssimo Sacramento e disse ao senhor: ¨Farei tudo o que estiver ao meu alcance, mas peço-Vos: ficai sempre comigo e dai-me forças para cumprir a vossa santa vontade, porque Vós podeis tudo, e eu por mim mesma, nada posso.¨ [Diário de Santa Faustina nº 154]. Editora Apostolado da Divina Misericórdia. Jesus eu confio em Vós! 
20 de Setembro 
Não te disse eu que se creres verás a glória de Deus? (Jo 11.40.) Maria e Marta não podiam entender o que o seu Senhor estava fazendo. Ambas lhe disseram: "Senhor, se tu estivesses aqui, meu irmão não teria morrido." Parece que atrás de tudo isto podemos ler os seus pensamentos: "Senhor, nós não entendemos por que demoraste tanto para vir. Não entendemos como deixaste morrer aquele a quem amavas. Não entendemos como pudeste deixar que a dor e o sofrimento rasgassem nossa vida, quando a Tua presença poderia ter impedido tudo isto. Por que não vieste antes? Agora é tarde, pois ele já está morto há quatro dias!" E para tudo isto o Senhor Jesus tinha apenas uma grande resposta: "Vocês podem não entender, mas eu não lhes disse que se crerem, verão?" Abraão não podia entender por que Deus lhe pedia o sacrifício do filho, mas confiou. E viu a glória de Deus na restituição dele ao seu amor.

Moisés não conseguia entender por que Deus o retinha em Madiã aqueles quarenta anos, mas confiou, e viu, quando Deus o chamou para tirar a Israel da servidão. José não podia entender a crueldade de seus irmãos, o falso testemunho de uma mulher pérfida e os longos anos de uma reclusão injusta; mas confiou, e por fim viu a glória de Deus em tudo o que se passou. Jacó não podia entender a estranha providência que permitiu que José fosse arrancado ao seu amor de pai, mas viu a glória de Deus quando contemplou o rosto daquele filho como governador à mão de um grande rei e como o preservador de sua própria vida e da de uma grande nação. E talvez seja assim na sua vida. Dizemos: "Eu não entendo porque Deus permitiu isso ou aquilo. Eu não entendo por que Ele permitiu que a aflição me açoitasse. Não entendo estes caminhos tortuosos pelos quais o Senhor está-me guiando. Não entendo por que foram desmantelados os planos que eu achava tão bons. Não entendo por que as bênçãos de que eu preciso tanto estão demorando tanto para vir. Nós não temos que entender todos os caminhos de Deus, todas as maneiras como Ele dirige a nossa vida. Deus não espera que entendamos tudo. Nós não esperamos que o nosso filhinho entenda tudo: queremos apenas que confie em você. Um dia, veremos a glória de Deus nas coisas que não entendemos. 
SANTO DO DIA
SANTO ANDRÉ KIM TAEGÓN, PRESBÍTERO, E PAULO CHÓNG HASANG, E SEUS COMPANHEIROS, MÁRTIRES 
No início do século XVIII , a fé cristã entrou pela primeira vez em terras da Coréia, por iniciativa de alguns leigos, de cujo esforço, sem pastores, surgiu uma comunidade forte e fervorosa. Só em 1836 os primeiros missionários, vindos da França, entraram furtivamente no país. Nesta comunidade, floresceram, com as perseguições de 1839, 1846 e 1866, cento e três mártires, entre os quais sobressaem o primeiro sacerdote e ardoroso pastor de almas André Kim Taegón e o insigne apóstolo leigo Paulo Chóng Hasang, a que se juntaram muitos leigos, homens e mulheres, casados e solteiros, velhos, jovens e crianças. Todos eles consagraram com seu testemunho e sangue as primícias da Igreja coreana.

Oração: Ó Deus, criador e salvador de todas as raças, por vossa bondade, chamastes à fé a muitos irmãos na região da Coréia e os fizestes crescer pelo testemunho glorioso dos mártires André, Paulo e seus companheiros. Concedei que, pelo exemplo e intercessão deles, possamos perseverar até a morte na observância de vossos mandamentos. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.
Dia 29 de setembro celebraremos São Miguel, São Gabriel e São Rafael, segue o link para o inicio da novena: http://www.arcanjomiguel.net/novena-migue-54.html#axzz4kkx1QO7d

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Santo Anjo da Guarda, meu poderoso protetor.

Depois dessas palavras do Senhor, entrou na minha alma um certo temor e medo. Não conseguia acalmar. Ressoavam aos meus ouvidos estas palavras: ¨Sim, então, no dia do Juízo, terei de responder não apenas por mim, mas também por outras almas¨. Essas palavras calaram profundamente no meu coração. [Diário de Santa Faustina nº 154]. Editora Apostolado da Divina Misericórdia. Jesus eu confio em Vós! 
Santo Anjo da Guarda, meu poderoso protetor,
 guardai-me sempre na paz de vosso amor.

Dos perigos, livrai-me;
 do mal, libertai-me;
 e nos momentos de angústia, consolai-me!

Durante o sono, velai sobre meu descanso,
 não deixais o mal de mim se aproximar.
 Sob as asas do seu amor,
 possa nos meus sonhos habitar!

Nesta noite de luz, afugentai as trevas do medo,
 afastai também as tentações,
 para que minha alma tranquila
 descanse sem aflições.

E que no alvorecer de um novo dia,
 eu acorde feliz e restaurado,
 e seja para o mundo

 testemunha de ser sempre por vós amado!
São Januário (S. Gennaro)
Este santo foi bispo da cidade de Benevento e o seu martírio remonta provavelmente ao ano de 305, durante a perseguição de Diocleciano. São Januário foi condenado às feras, em um anfiteatro na cidade de Pozzuoli, com seus companheiros. Mas devido ao atraso de um juiz, ao invés de ser dado aos animais, foi decapitado.
O sangue de S. Januário foi recolhido em uma ânfora (um jarro de barro) e depois foi depositado diante do seu túmulo. Os napolitanos, têm S. Januário como o protetor contra os flagelos da peste e das erupções do Vesúvio. O santo é cultuado no mundo inteiro devido à liquefação de seu sangue, durante a celebração de sua festa. O milagre vem sendo atestado desde 1389, por mais de 5 mil processos. Contido em uma ampola, o sangue de São Januário se liquefaz e readquire a aparência de sangue novo recém derramado. O milagre é sempre realizado diante de uma multidão que prorrompe em gritos, chegando ao delírio, durante a exposição pública em comemoração ao santo. Na cidade de Nápoles, o prodígio que foi comprovado inclusive pela ciência é seguido por grande parte da população.

Oração: Ó Deus, Pai de Bondade, São Januário derramou o seu sangue em nome de Jesus. Animados por seu testemunho, vivamos hoje atentos aos sinais de vossas maravilhas no mundo e em nossos corações. Amém. 
São Januário, rogai por nós.

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Virgem Maria, intercedei pelas almas.

Quando havia adoração na casa das Irmãs da Sagrada Família, à noite fui com uma de nossas irmãs para essa adoração. Logo que entrei na capela, a presença de Deus envolveu a minha alma. Rezava como o fazia em determinados momentos, sem pronunciar palavras. De repente, vi o Senhor que me disse: Fica sabendo que, se descuidares a pintura da Imagem e toda Obra de Misericórdia, terás que responder por um grande número de almas no dia do Juízo. [Diário de Santa Faustina nº 154]. Editora Apostolado da Divina Misericórdia. Jesus eu confio em Vós! 
Santíssima Virgem Maria, que olhais por todos nós que somos seus filhos, hoje vos peço pelas almas benditas que precisam de vosso auxílio para se purificarem totalmente e poderem desfrutar das maravilhas do céu.
Intercedei por todas e cada uma delas e que minha prece suplicante possa antecipar para elas o encontro glorioso com vosso Filho Jesus.
Para o alivio das almas e pelos merecimentos da vossa divina maternidade, saudo-vos como fez São Gabriel na anunciação: Ave Maria.....
TODO DIA 18 É DIA DA ALIANÇA DE AMOR 
CONSAGRAÇÃO A NOSSA SENHORA
Ó minha Senhora, ó minha Mãe, eu me ofereço toda a Vós, e em prova de minha devoção para convosco, eu vos consagro neste dia meus olhos, meus ouvidos, minha boca, meu coração e inteiramente todo o meu ser.
E porque assim sou vossa, ó incomparável Mãe, guardai-me, defendei-me como coisa e propriedade vossa. Amém.
CONFIO
Confio em teu poder, e em tua bondade, em ti confio com filialidade.
Confio cegamente em toda a situação, Mãe, no teu Filho e na tua proteção. (3x)
Novena "Almas Aflitas"
Segunda-feira, dia dedicado as Almas do Purgatório.
"Pai Eterno, eu vos ofereço o sangue de nosso Senhor Jesus Cristo, intercedei pelas almas aflitas.
E vós, almas aflitas, ide perante a Deus e pedi a graça que necessito (fazer o pedido)". Rezar: Pai Nosso, Ave Maria e o Glória.

“Dai-lhes Senhor as almas o descanso eterno e que a luz perpétua as ilumine, Descansem em paz. Amém”.

domingo, 17 de setembro de 2017

Abençoe nosso domingo, Senhor.

E avistei uma outra estrada, ou antes uma vereda, porque era estreita e cheia de espinhos e de pedras, por onde as pessoas seguiam com lágrimas nos olhos e sofrendo dores diversas. Uns tropeçaram e caíam por cima dessas pedras, mas logo se levantavam e iam adiante. E no final da estrada havia um magnífico jardim, repleto de todos os tipos de felicidade e aí entravam todas essas almas. Já no primeiro momento, esqueciam de seus sofrimentos. [Diário de Santa Faustina nº 153]. Editora Apostolado da Divina Misericórdia. Jesus eu confio em Vós! 
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 18,21-35
Naquele tempo:
 21Pedro aproximou-se de Jesus e perguntou:
 'Senhor, quantas vezes devo perdoar,
 se meu irmão pecar contra mim? Até sete vezes?'
 22Jesus respondeu:
 'Não te digo até sete vezes, mas até setenta vezes sete.
 23Porque o Reino dos Céus é como um rei
 que resolveu acertar as contas com seus empregados.
 24Quando começou o acerto,
 trouxeram-lhe um que lhe devia uma enorme fortuna.
 25Como o empregado não tivesse com que pagar,
 o patrão mandou que fosse vendido como escravo,
 junto com a mulher e os filhos e tudo o que possuía,
 para que pagasse a dívida.
 26O empregado, porém, caíu aos pés do patrão,
 e, prostrado, suplicava:
 `Dá-me um prazo! e eu te pagarei tudo'.
 27Diante disso, o patrão teve compaixão,
 soltou o empregado e perdoou-lhe a dívida.
 28Ao sair dali,
 aquele empregado encontrou um dos seus companheiros
 que lhe devia apenas cem moedas.
 Ele o agarrou e começou a sufocá-lo, dizendo:
 `Paga o que me deves'.
 29O companheiro, caindo aos seus pés, suplicava:
 `Dá-me um prazo! e eu te pagarei'.
 30Mas o empregado não quis saber disso.
 Saiu e mandou jogá-lo na prisão,
 até que pagasse o que devia.
 31Vendo o que havia acontecido,
 os outros empregados ficaram muito tristes,
 procuraram o patrão e lhe contaram tudo.
 32Então o patrão mandou chamá-lo e lhe disse:
 `Empregado perverso, eu te perdoei toda a tua dívida,
 porque tu me suplicaste.
 33Não devias tu também, ter compaixão do teu companheiro,
 como eu tive compaixão de ti?'
 34O patrão indignou-se
 e mandou entregar aquele empregado aos torturadores,
 até que pagasse toda a sua dívida.
 35É assim que o meu Pai que está nos céus fará convosco,
 se cada um não perdoar de coração ao seu irmão.'
 Palavra da Salvação. Glória a Vós Senhor!
Oração Jubilar: 300 Anos de Bênçãos 

Senhora Aparecida, Mãe Padroeira, em vossa singela imagem, há 300 anos aparecestes nas redes dos três benditos pescadores no Rio Paraíba do Sul. Como sinal vindo do céu, em vossa cor,  vós nos dizeis que para o Pai não existem escravos,  apenas filhos muito amados. Diante de vós, embaixadora de Deus, rompem-se as correntes da escravidão!  Assim, daquelas redes, passastes para o coração e a vida  de milhões de outros filhos e filhas vossos.  Para todos tendes sido bênção: peixes em abundância, famílias recuperadas, saúde alcançada, corações reconciliados, vida cristã reassumida. Nós vos agradecemos tanto carinho, tanto cuidado!  Hoje, em vosso Santuário e em vossa visita peregrina, nós vos acolhemos como mãe, e de vossas mãos recebemos o fruto de vossa missão entre nós:  o vosso Filho Jesus, nosso Salvador.  Recordai-nos o poder, a força das mãos postas em prece!  Ensinai-nos a viver vosso jubileu com gratidão e fidelidade!  Fazei de nós vossos filhos e filhas, irmãos e irmãs de nosso Irmão Primogênito, Jesus Cristo, Amém!

sábado, 16 de setembro de 2017

Coração Imaculado de Maria, rogai por nós!

Um dia, vi duas estradas: Uma estrada larga, atapetada de areia e flores, cheia de alegria e de música e de vários prazeres. As pessoas caminhavam por essa estrada dançando e divertindo-se - estavam chegando ao fim, sem se aperceberem disso. E, no final dessa estrada, havia um enorme precipício, ou seja, o abismo do Inferno. Essas almas caíam às cegas na voragem desse abismo; à medida que iam chegando, assim tombavam. E seu número era tão grande que não era possível contá-las. [Diário de Santa Faustina nº 153]. Editora Apostolado da Divina Misericórdia. Jesus eu confio em Vós!  
Virgem Maria, Mãe de Deus e nossa Mãe, ao vosso Coração Imaculado nos consagramos, em ato de entrega total ao Senhor. Por Vós seremos levados a Cristo. Por Ele e com Ele seremos levados ao Pai. Caminharemos à luz da fé e faremos tudo para que o mundo creia que Jesus Cristo é o Enviado do Pai. Com Ele queremos levar o Amor e a Salvação até aos confins do mundo.
Sob a proteção do vosso Coração Imaculado seremos um só povo com Cristo. Seremos testemunhas da Sua ressurreição. Por Ele seremos levados ao Pai, para glória da Santíssima Trindade, a Quem adoramos, louvamos e bendizemos. Amém. Amém.
SÃO CORNÉLIO, PAPA, 
E SÃO CIPRIANO, BISPO, MÁRTIRES
Memória 
Cornélio foi ordenado bispo da Igreja de Roma no ano 251.Teve de combater o cisma dos Novacianos e, com a ajuda de São Cipriano, conseguiu consolidar a sua autoridade. Foi desterrado pelo imperador Galo e morreu no exílio, perto de Civitavecchia, no ano 253. O seu corpo foi trasladado para Roma e sepultado no cemitério de Calisto.
Cipriano nasceu em Cartago cercado ano 210, de uma família pagã. Tendo-se convertido à fé e, ordenado sacerdote, foi eleito bispo daquela cidade no ano 249. Em tempos muito difíceis, governou sabiamente, com suas obras e escritos, a Igreja que lhe foi confiada. Na perseguição de Valeriano, sofreu primeiramente o exílio, e depois o martírio no dia 14 de setembro do ano 258.
Oração: Ó Deus, que em São Cornélio e São Cipriano destes ao vosso povo pastores dedicados e mártires invencíveis, fortificai, por suas preces, nossa fé e coragem, para que possamos trabalhar incansavelmente pela unidade da Igreja.Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Nossa Senhora das Dores, rogai por nós.

A minha alma estava muito cansada. Quando entrei na capela, aproximei a minha cabeça do sacrário, bati e disse: ¨Jesus, vede que grandes dificuldades tenho por causa da pintura da Imagem.¨E ouvi uma voz do sacrário: Minha filha, os teus sofrimentos já não durarão muito. [Diário de Santa Faustina nº 152]. Editora Apostolado da Divina Misericórdia. Jesus eu confio em Vós! 
ORAÇÃO AO SAGRADO CORAÇÃO
 DE JESUS E MARIA.
Ofereço-Vos, ó meu DEUS, em união com o Santíssimo Coração de Jesus e por meio do Coração Imaculado de Maria; as Orações e os trabalhos, as alegrias, incomodidades, descanso e os sofrimentos desta vida, neste dia; em reparação das nossas ofensas e por todas as intenções, pelas quais o mesmo Divino Coração está continuamente intercedendo e sacrificando-se por nós em nossos altares. Vo-lo ofereço, de modo particular pelas intenções da Vossa e nossa Santa Madre Igreja Católica Apostólica Romana. Amém.
HOJE CELEBRAMOS NOSSA SENHORA DAS DORES
Aproveitemos a ocasião para repercorrer algumas reflexões de Bento XVI sobre Nossa Senhora das Dores.

Aos pés da Cruz, diante de Jesus, Maria une a sua dor à de seu Filho e nos mostra que o amor de Deus é mais forte do que a morte. A sua dor é uma "dor cheia de fé e de amor" – ressalta Bento XVI:

"A Virgem no Calvário participa da potência salvífica da dor de Cristo, unindo o seu "fiat", o seu "sim", ao do Filho." (Angelus de 17 de setembro de 2006)

Diante do sofrimento do Filho, Maria confia em Deus. Sabe que na Cruz Jesus derramou todo o seu sangue para libertar a humanidade da escravidão do pecado: "A Virgem Maria, que acreditou na Palavra do Senhor, não perdeu a sua fé em Deus quando viu o seu Filho rejeitado, ultrajado e colocado na Cruz. Permaneceu diante d'Ele, sofrendo e rezando, até o fim. E viu o alvorecer radioso da sua Ressurreição." 

Maria nos ensina que "quanto mais o homem se aproxima de Deus, mais se aproxima dos homens" – observa o pontífice. O fato de Maria, na hora da Cruz, ter permanecido "totalmente junto a Deus, é a razão pela qual se faz também tão próxima dos homens":

Por isso pode ser a Mãe de toda consolação e de toda ajuda, uma Mãe à qual em qualquer necessidade qualquer um pode dirigir-se em sua fraqueza e em seu pecado, porque ela acolhe todos e para todos é força aberta da bondade criativa." 

O Santo Padre convida-nos a contemplarmos Maria, aos pés da Cruz, "associada intimamente à missão de Cristo e co-participante da obra de salvação com a sua dor de Mãe":

"No Calvário Jesus a doou a nós como mãe e confiou-nos a ela como filhos. Que Nossa Senhora das Dores nos conceda o dom de seguir o seu Filho divino crucificado, e abraçar com serenidade as dificuldades e as provações da existência humana." (Discurso às monjas clarissas, 15 de setembro de 2007) (RL)

Responsório Lc 23,33; cf. Jo 19,25; cf. Lc 2,35
R. Após chegar ao lugar que é chamado Calvário, crucificaram Jesus.
* Junto à Cruz de Jesus estava, em pé, sua Mãe.
V. Uma espada de dor, então, transpassou o seu coração.
* Junto à cruz.

Oração: Ó Deus, quando o vosso Filho foi exaltado, quisestes que sua Mãe estivesse de pé junto à cruz, sofrendo com ele. Dai à vossa Igreja, unida a Maria na paixão de Cristo, participar da ressurreição do Senhor. Que convosco vive e reina, na unidade do Espírito Santo. 

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Exaltação da Santa Cruz.

Uma vez tive que ficar de plantão à noite, e sofria tanto na alma em razão da pintura daquela Imagem, que já não sabia a que me agarrar; de um lado, todos me diziam se tratava duma ilusão, de outro, um sacerdote me disse que talvez Deus quisesse justamente que Lhe fossem prestadas honras através daquela Imagem: portanto era preciso conseguir aquela pintura. [Diário de Santa Faustina nº 152]. Editora Apostolado da Divina Misercórdia. Jesus eu confio em Vós. 
Soberano Senhor e Rei eterno, que, estando no céu a direita do Pai como universal Imperador, e Senhorio sobre todos os Santos, e espíritos bem-aventurados, cantando-vos perpétuas adorações, e reconhecendo-vos por verdadeiro Rei e Senhor, quisestes humilhar-vos no Santíssimo Sacramento do altar, encobrindo toda vossa grandeza, vos suplico com a maior humildade venha a minha alma, como poderoso Rei; Destruas todos meus inimigos, que são meus vícios, e imprimas firmemente vossas divinas leis, e prometo ser-vos fiel, obedecer-vos e adorar-vos em espírito e verdade por toda minha vida. Amém. 
Rezar Pai Nosso,  Ave-Maria e  Glória ao Santíssimo.
HOJE CELEBRAMOS A EXALTAÇÃO DA SANTA CRUZ
Salve, salve Cruz santa,
salve, glória do mundo,
verdadeira esperança,
nosso gozo profundo.

Salvação nos perigos,
és da graça o sinal.
Dás a todos a vida,
doce lenho vital. 

Santa Cruz adorável,
de onde a vida brotou,
nós, por ti redimidos,
te cantamos louvor.

Doce glória do mundo,
nos teus braços abertos
os escravos do lenho
são, no lenho, libertos.

Honra e glória a Deus Pai
pela Cruz de seu Filho,
que, no lenho elevado,
a vestiu com seu brilho.

Honra e glória ao Espírito,
da Trindade na luz.
E nos céus e na terra
brilhe a glória da Cruz.

Oração: Ó Deus, que para salvar a todos dispusestes que o vosso Filho morresse na cruz, a nós, que conhecemos na terra este mistério, dai-nos colher no céu os frutos da redenção. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.